Tudo Sobre Política

Deputada Gleisi Hoffmann sobre desmonte na Petrobrás: ‘Bolsonaro tenta fingir que a política de preços mudou’

Publicados

Tudo Sobre Política

A presidente nacional do PT também criticou o novo ministro de Minas e Energia, Adolfo Sachsida, e a venda de refinarias – Foto: Pedro Ladeira / Folhapress

Brasil 247 – A presidente nacional do PT, deputada federal Gleisi Hoffmann (PR), criticou nesta quinta-feira (12) o desmonte na Petrobrás causado pelo governo de Jair Bolsonaro e do seu antecessor, Michel Temer.

“Lá vai de novo Bolsonaro trocar comando da Petrobras pra fingir que algo coisa muda. Sachsida vai manter os preços dolarizados e quer estudo pra privatizar a estatal e pré-sal. É um pior que o outro! Crise mostra o erro que foi vender refinarias e querem entregar a jóia da coroa”, escreveu a parlamentar no Twitter.

O novo ministro de Minas e Energia, Adolfo Sachsida, sinalizou nessa quarta-feira (11) a intenção de aprofundar a violação da soberania nacional e afirmou que trabalhará pela privatização da Petrobras e da Pré-Sal Petróleo S.A., responsável por gerir os contratos da União no pré-sal.

As últimas reações da sociedade e de categorias, como os caminhoneiros, vêm acontecendo desde o último final de semana, quando Bolsonaro anunciou o aumento de 8,87% no preço médio do diesel.

Leia Também:  Bolsonaro é soldado raso nos Jogos de Guerra da Europa, desclassifica o Brasil no mundo e há impacto na campanha

O presidente da Associação Brasileira de Condutores de Veículos Automotores (Abrava), Wallace Landim, o Chorão, está convocando reunião com outros da categoria para o próximo domingo (15), para decidir se os caminhoneiros farão greve nacional contra a alta do diesel.

O dirigente havia criticado a troca de ministro e dito que Bolsonaro pretende apenas “ganhar tempo” com a medida.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Tudo Sobre Política

Ex-presidente Lula avisa: luz vai ficar muito mais cara para os Brasileiro com venda da Eletrobrás

Publicados

em

O Brasil vai perder sua soberania e segurança energética caso a Eletrobrás seja privatizada, afirmou o ex-presidente Lula – Foto: Reuters

Brasil  247 – As contas de luz devem ficar mais caras e o Brasil vai perder sua soberania e segurança energética caso a Eletrobrás seja privatizada, afirmou o ex-presidente Lula ao comentar o processo de venda da maior empresa de geração de energia do País.

Lula avisou no Twitter: “as contas de luz devem ficar ainda mais caras”. “Só que quem não sabe governar tenta vender empresas estratégicas, ainda mais correndo para vender em liquidação”, escreveu. 

O Tribunal de Contas da União (TCU) pode aprovar hoje a venda da Eletrobrás. Com isso, Jair Bolsonaro pretende acelerar a entrega da empresa ao setor privado – uma das metas da chamada “ponte para o  futuro”, a agenda econômica do golpe contra Dilma Rousseff.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  "Bolsonaro se beneficia da impunidade que há com racistas no Brasil", diz deputada Benedita da Silva
Continue lendo

POLÍTICA

TUDO SOBRE POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA