Tudo Sobre Política

Alckmin vai desempenhar papel ativo na coordenação de campanha e no programa de governo de Lula

Publicados

Tudo Sobre Política

Alckmin vai desempenhar papel ativo na coordenação de campanha e no programa de governo de Lula – Foto: Reuters / Carla Carniel

Brasil 247 – O ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSB) mantém entendimentos com o comando da candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para nomear colaboradores de sua confiança na coordenação de campanha e do programa de governo.

Como vice de Lula, Alckmin poderá contribuir na elaboração de um programa de PPPs (Parcerias Público-Privadas), contando com a experiência que adquiriu como governador de São Paulo. 

Painel da Folha de S.Paulo recorda que em 2004, quando estava na chefia do Executivo paulista, Alckmin patrocinou uma lei das PPPs que incluiu a criação da CPP (Companhia Paulista de Parcerias), uma espécie de fundo garantidor para as empresas privadas que participassem de projetos do estado.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  TSE decide cassar deputado Delegado Fernando Francischini, que postou fake news sobre urna eletrônica
Propaganda

Tudo Sobre Política

Congresso derrota Bolsonaro e garante R$ 7 bilhões para a Cultura, comemora deputada Gleisi Hoffmann

Publicados

em

“Viva a arte brasileira! Fora a ignorância!”, afirmou a presidente nacional do PT – Foto: Marina Ramos / Câmara dos Deputados

Brasil 247 – A presidente nacional do PT, deputada federal Gleisi Hoffmann (PR), comemorou nesta terça-feira (5) a decisão do Congresso Nacional sobre a cultura após deputados federais e senadores não aprovarem duas proibições feitas por Jair Bolsonaro (PL) e, em consequência, garantirem que, por meio das leis Paulo Gustavo e Aldir Blanc, o governo ajude o setor cultural no País, com investimentos de quase R$ 7 bilhões.

“Dupla vitória da Cultura nacional contra Bolsonaro. Derrubamos dois vetos às leis Paulo Gustavo e Aldir Blanc 2 que garantem R$ 7 bilhões em incentivo para o setor. Viva a arte brasileira! Fora a ignorância!”, escreveu a parlamentar no Twitter. 

A Lei Paulo Gustavo prevê destinação de R$ 3,86 bilhões a estados e a municípios para o setor cultural, por causa dos efeitos da pandemia de Covid-19. Nesta terça, a proposta teve 414 votos de deputados pela derrubada do veto e 39 pela manutenção. Entre os senadores, foram 69 votos a zero contra a proibição de Bolsonaro.

Leia Também:  Prefeitura de São Paulo publica a versão final-participativa do Programa de Metas 2021 – 2024, Plano incorpora 40 novas ações

A Lei Aldir Blanc libera R$ 3 bilhões por ano aos governos estaduais e aos municipais, durante cinco anos, para o financiamento de iniciativas culturais. O placar foi 356 a 36 na Câmara dos Deputados e de 66 a zero no Senado.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

TUDO SOBRE POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA