Polícia

Corpo de Bombeiros pede prisão de sargento que atirou contra atendente de lanchonete na Taquara, no Rio

Publicados

Polícia

Homem que atirou contra atendente de lanchonete tem outras passagens pela polícia – Foto: Reprodução

O Corpo de Bombeiros informou no começo da tarde desta terça-feira (10) que fez o pedido de prisão preventiva do sargento do Corpo de Bombeiros Paulo César de Souza Albuquerque, que atirou contra o atendente de uma lanchonete do McDonald’s na Taquara, na Zona Oeste do Rio

A corporação informou que também foi aberto um processo no conselho disciplinar. O Corpo de Bombeiros informou ainda que repudia qualquer ato criminoso e condutas ilícitas dos seus integrantes.

Paulo César tem outras passagens pela polícia. Em 2012, por lesão corporal e ameaça contra uma mulher. E em 2018, por violação de domicílio e invasão de um terreno.

Os bombeiros informaram que as anotações não estão nos registros funcionais do militar. A corporação afirma que isso pode ocorrer pois, muitas vezes, quando o militar comete atos ilícitos, ele não informa a condição funcional ao ser fichado na delegacia. A omissão teria como objetivo evitar sanções.

Leia Também:  Damares faz campanha contra vacinação infantil ao visitar criança que teve parada cardíaca

Ainda de acordo com a corporação, o porte e posse de armas foi suspenso, atendendo um pedido feito pelo comandante-geral da corporação.

O caso é tratado pela 32ªDP (Taquara), que investiga o caso como tentativa de homicídio. A Polícia Civil pretende ouvir outros funcionários da lanchonete.

A defesa do sargento do Corpo de Bombeiros afirma que o disparo foi acidental. O sargento se apresentou na 32ªDP (Taquara), que investiga o caso, prestou depoimento e foi liberado. A Justiça negou o pedido de prisão dele.

Imagens de câmeras de segurança mostram a confusão que terminou com Mateus baleado. O vídeo mostra o bombeiro dando um soco no jovem, que reage com um tapa. Momentos depois, o atendente é baleado e cai no chão.

Mateus Domingues Carvalho, de 21 anos, perdeu o rim esquerdo por causa do disparo, afirmou a família. Ele segue internado no Hospital Lourenço Jorge e deve passar por uma nova cirurgia.

O atendente saiu de Minas Gerais há cinco anos para trabalhar e juntar dinheiro a fim de pagar um sonhado curso de veterinária, segundo a família. Veja mais no G1 Rio

Leia Também:  Delegada Adriana Belém é presa com quase R$ 2 milhões na Operação Calígula na Barra da Tijuca, no Rio

O atendente Mateus Domingues Carvalho, de 21 anos, foi baleado por cliente no McDonald’s da Taquara, na Zona Oeste do Rio de Janeiro – Foto: Reprodução/TV Globo

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Polícia

Polícia Federal apreende R$ 930 mil em operação que apura indício de atuação de juízes em esquema de corrupção

Publicados

em

Polícia Federal apreende R$ 930 mil em dinheiro em operação que apura participação de juízes em esquema de corrupção – Foto: PF/Divulgação

A Polícia Federal apreendeu R$ 930 mil em espécie em um escritório de advocacia em São Paulo durante uma operação que combate um esquema de corrupção bilionário, com indícios de participação de advogados, servidores públicos e dois juízes federais. Conforme a Polícia Federal, decisões da Justiça Federal no Ceará beneficiaram “grandes devedores” da União, gerando um prejuízo bilionário entre 2012 e 2016. As informações é do G1 São Paulo

O dinheiro tem “suspeita de origem ilícita”; a Polícia Federal afirma que foi providenciado depósito bancário para que o valor fique à disposição do Tribunal Regional Federal da 5ª Região, no Recife.

De acordo com o titular da Delegacia Regional de Combate à Corrupção, Alan Robson, o diretor do escritório suspeito de envolvimento no esquema era ex-diretor da Justiça Federal e tinha “grande influência” entre juízes.

“Ele era ex-diretor da Justiça Federal. Saiu da Justiça Federal e e foi implantado no escritório de advocacia que tinha uma movimentação atípica. E ele tinha forte influência na Justiça”, afirmou.

Leia Também:  Alunas de duas escolas de Parintins entra do ringue, enquanto duas brigam a terceira filma o espetáculo

Noventa policiais federais cumprem 19 mandados de busca e apreensão em São Paulo, Recife (PE), Dourado (MS), Brasília e em Fortaleza; a capital cearense é cidade onde houve a origem do esquema de corrupção, segundo a PF. Dois juízes federais são suspeitos de envolvimento no crime.

Ainda conforme a Polícia Federal, houve condução ilícita nos processos fiscais de “grandes devedores da União” entre os anos de 2012 e 2016. Empresários devedores atuaram com advogados e juízes e “resultaram em prejuízo bilionário aos cofres da União”.

As investigações foram iniciadas em 2019; desde então, a Polícia Federal encontrou indícios das seguintes irregularidades:

vínculos suspeitos entre magistrados e advogados;

fluxo financeiro suspeito;

falsificação de documentos com simulação de intimações da União, com prejuízo à Fazenda Nacional em benefício de empresários.

Corrupção e lavagem de dinheiro

Caso a operação aponte indícios e provas, os participantes do esquema de corrupção devem responder por corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

Em caso de condenação, as penas podem chegar a 42 anos de prisão.

Leia Também:  Polícia Federal prende líder de grupo radical religioso por crimes de racismo e ódio contra judeus no Rio de Janeiro

A Polícia Federal informa que as investigações continuam, com análise do material apreendido.

Operação Skiagraphia

A operação realizada nesta sexta foi batizada de “Skiagraphia”. Conforme a corporação policial, o nome da operação remete à técnica de pintura “shadow painting”, em que se busca dar a ilusão de profundidade pelo contraste entre sombra e luz.

“Com isso, os investigados simulavam estar à luz do caminho público, mas na verdade se encontravam às sombras da lei.” 

Noventa policiais federais cumprem mandado de busca e apreensão em operação que investiga esquema de corrupção com indícios de participação de juízes e advogados – Foto: PF/Divulgação

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

TUDO SOBRE POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA