Esporte

Após cinco anos e meio, o atacante brasileiro, de 25 anos, vai deixar o Manchester City e acerta com Arsenal

Publicados

Esporte

Gabriel Jesus, com sua quarta taça da Premier League pelo Manchester City, a última pelo clube: atacante vai para o Arsenal – Foto: Matt McNulty / Manchester City FC via Getty Imagens

Gabriel Jesus é novo jogador do Arsenal. Após cinco anos e meio, o atacante brasileiro, de 25 anos, vai deixar o Manchester City na próxima temporada. A transferência para o time londrino foi fechada por 45 milhões de libras (cerca de R$ 289 milhões). Ele vai assinar contrato de cinco anos e deve ter o maior salário do clube, de 10 milhões de libras (R$ 64 milhões) livres de impostos por temporada.

As conversas ocorrem há dois meses e, desde então, os Gunners eram os favoritos a assinar com o ex-Palmeiras. Chelsea, Tottenham, Real Madrid e PSG chegaram a manifestar interesse em Jesus, mas o protagonismo esperado na equipe londrina e a proposta salarial e de compra do Arsenal o colocaram à frente.

Os empresários Paulo Pitombeira , Marcelo Pettinati e Cacá Ferrari conduziram as negociações entre os clubes. Gabriel vai assinar seu vínculo até 2027 nesta terça-feira e é esperado para a pré-temporada, que começa na quarta.

Leia Também:  Grêmio anuncia oficialmente a contratação do zagueiro Bruno Alves, do São Paulo

O Palmeiras tem direito a 5% da fatia da transferência, conforme acordo na venda de Gabriel ao Manchester City em 2016, mais 2% do mecanismo de solidariedade. Com isso, o time brasileiro deve faturar cerca de R$ 20,2 milhões na transação.

Gabriel Jesus tinha mais um ano de contrato com o City, mas estava decidido a deixar o clube antes mesmo da chegada de Haaland. Nos Gunners, ele vai chegar como principal contratação da temporada, poderá atuar como centroavante e deve ter mais minutos, algo desejado pelo jogador antes da Copa do Mundo.

A permanência na Premier League e a boa relação com o diretor Edu Gaspar e o técnico Mikel Arteta também foram trunfos para o Arsenal, que não vai disputar a Liga dos Campeões em 2022/23. O treinador foi auxiliar de Guardiola no City e trabalhou com Gabriel Jesus no clube entre 2017 e 2019.

O Real Madrid também surgiu como opção, mas um entrave burocrático atrapalhou o negócio. Na Espanha, há o limite de inscrição de três atletas por clube com nacionalidades de países fora da União Europeia. No Real Madrid, Militão, Rodrygo e Vini Jr. cobrem esse espaço no momento. Vinicius está perto de obter o passaporte espanhol, mas não antes do fim do ano.

Leia Também:  Edu Dracena promete Santos competitivo para 2022: Diretor diz que dívidas do clube precisam ser sanadas

Gabriel fez 13 gols e 13 assistências em 41 jogos pelo Manchester City na temporada. Na Premier League, ele marcou oito gols e anotou oito assistências em 28 partidas. No total, Jesus tem 95 gols em 236 jogos pelos Cityzens.

Jesus conquistou 11 títulos com a camisa do City, onde está desde o início de 2017. São quatro taças da Premier League, quatro troféus da Copa da Liga, duas Supercopas da Inglaterra e uma Supercopa. Ele esteve em campo nos dois últimos amistosos da seleção brasileira e fez um gol na goleada por 5 a 1 contra a Coreia do Sul. Por Globo Esporte

Gabriel Jesus cumprimenta Mikel Arteta, em jogo de 2020: técnico do Arsenal foi auxiliar no City entre 2017 e 2019 – Foto: Matt McNulty / Manchester City FC via Getty Images

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esporte

Campeão mundial de jiu-jitsu, Leandro Lo é assassinado por policial que sacou uma arma e atirou na cabeça do atleta

Publicados

em

Em festa no Clube Sírio, Leandro Lo se desentendeu com um PM, que sacou uma arma e atirou na cabeça do atleta. O policial está foragido – Foto: Reprodução/Instagram

Brasil 247 – Multicampeão mundial de jiu-jitsu, Leandro Lo foi assassinado com um tiro na cabeça durante uma festa no Clube Sírio, em São Paulo, na madrugada deste sábado, 6, para domingo, 7.

Lo foi levado ao Hospital Municipal Dr. Arthur Ribeiro de Saboya, mas não resistiu.

O autor do disparo foi o policial militar Henrique Otávio Oliveira Velozo, segundo boletim de ocorrência, informou o portal Combate.

“Preliminarmente, trata-se de ocorrência envolvendo o multicampeão mundial de jiu-jítsu Leandro Ló Pereira do Nascimento e o policial Militar Henrique Otávio Oliveira Velozo. Conforme relatam as testemunhas, o policial Henrique, após breve discussão, se dirigiu à mesa da vítima Leandro, pegando uma garrafa da mesa, em ato contínuo a vítima se levantou, tirou a garrafa da mão do autor e, em golpe de luta, o derrubou e imobilizou. Neste momento, colegas da vítima separaram ambos e pediram ‘para deixar isso quieto’. O autor, após se levantar, deu a volta na mesa e, de fronte a vítima, sacou sua arma e desferiu disparo, o qual atingiu a região frontal da cabeça da vítima (testa, lado esquerdo). Vítima encontra-se em estado gravíssimo no Hospital Municial Dr. Arthur Ribeiro de Saboya”, diz boletim ainda antes da confirmação da morte cerebral do atleta.

Leia Também:  Após 220 mil anos, cinco mamutes da era do gelo são encontrados no Centro da Inglaterra, em Cotswolds

Leandro Lo, de 33 anos, conquistou oito Mundiais de jiu-jítsu, cinco Copas do Mundo, oito Pan-Americanos, entre outros títulos.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

TUDO SOBRE POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA