Educação

Estudante do Rio de Janeiro é premiado na maior feira científica do mundo: “Feliz demais com essa conquista”

Publicados

Educação

Vinícius de Moraes ficou com o 4º lugar na categoria ‘Energia: materiais sustentáveis e design’ – Foto: Arquivo pessoal

O estudante carioca Vinícius de Moraes foi um dos vencedores da Regeneron International Science and Engineering Fair (ISEF), a maior feira científica do mundo, que na edição de 2022 aconteceu em Atlanta, nos Estados Unidos. As informações é do G1 Rio

A entrega da premiação ocorreu nesta sexta-feira (13), quando Vinícius recebeu sua medalha pelo 4º lugar na categoria ‘Energia: materiais sustentáveis e design’.

Morador de Campo Grande, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, Vinícius foi o único carioca entre os 1,5 mil jovens de 70 países que chegaram a fase final da feira de ciências.

“Esse prêmio não é meu. É do Brasil. Estou feliz demais com essa conquista. O caminho é muito árduo, até conseguir chegar aqui. Sou muito grato por estar atuando na linha de frente e me dá muito orgulho ver que, aqui na ISEF, jovens estão desenvolvendo ideias que certamente farão diferença no nosso futuro.”, comentou o estudante.

Leia Também:  Prefeito Eduardo Paes apresenta balanço do 1ª ano da sua terceira gestão na Prefeitura do Rio de Janeiro

“É incrível a sensação de estar em contato com pessoas de mais de 70 países, ver o meu projeto fazendo parte de um time de transformadores da ciência global e ainda ser premiado.” completou Vinícius.

Alternativas ecologicamente corretas

Estudante carioca de 18 anos se classifica para maior feira científica internacional do mundo, nos EUA – Foto: Arquivo pessoal

Aluno do 3° ano do ensino médio no colégio Matriz Educação, Vinícius apresentou um projeto de alternativa sustentável para diminuir o uso de pilhas e baterias descartáveis: o “Seebeck-watch”.

O garoto desenvolveu um sistema com filmes finos termoelétricos que aproveita a diferença de temperatura entre o pulso humano e o meio externo, gerando tensão elétrica para alimentar relógios de pulso.

O projeto desenvolvido pelo aluno foi um dos 9 selecionados, entre 420 concorrentes, na Mostra Internacional de Ciência e Tecnologia (Mostratec), a maior feira científica da América Latina. Os classificados foram escolhidos para representar o Brasil na ISEF.

Os 420 projetos já haviam sido selecionados em um total de 4.327 trabalhos de estudantes de diferentes lugares da América Latina.

Leia Também:  Adolescente de 13 anos é expulsa de aula em colégio militar Dr. João Paim, por ter cabelo crespo: "Inadequado"

Para o professor Michael Douglas, responsável pelos projetos científicos do Matriz Educação, a dedicação do estudante foi determinante para conseguir chegar tão longe.

“A gente sempre busca trabalhar no desenvolvimento de projetos algumas características que são importantes para o sucesso deles. Por exemplo, a empatia, que é um sentimento muito presente quando tentamos resolver problemas para a sociedade. Buscamos também exercitar muito a inteligência emocional, já que eles passam por diversas avaliações, com critérios diferentes”, explicou.

Vinícius e o professor Michael Douglas, responsável pelos projetos científicos do Matriz Educação – Foto: Arquivo pessoal
COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Educação

CCBB Educativo oferece programação para crianças no Rio de Janeiro e participa da “Semana dos Museus”

Publicados

em

Projetos ‘Pequenas mãos’ e mobiliários sobre rodas acontecem em maio – Foto: Leo Braga / Divulgação

O programa CCBB Educativo oferece nos finais de semana de maio, para crianças de 3 a 6 anos e suas famílias, o projeto “Pequenas Mãos”, uma atividade inspirada nas exposições em cartaz no CCBB Rio.

No Laboratório de Artes, crianças e suas famílias são convidadas a decorar o Manto da Compadecida, inspirado na exposição Movimento Armorial – 50 anos, em cartaz no museu.

O “Pequenas Mãos” acontece aos sábados, às 10h.

Já o “Pequeníssimas mãos” para crianças pequenas de 2 a 3 anos, inclui atividades de musicalização ou vivências que estimulem a motricidade ampla e fina, o desenvolvimento da consciência corporal e os sentidos.

O “Pequeníssimas mãos” acontece aos domingos, às 10h.

Mobiliários sobre rodas

Outra atividade tem o intuito de levar as ações educativas relacionadas à exposição “Marc Chagall: sonho de amor” da sala no primeiro andar para os espaços de circulação do CCBB-RJ.

Foram elaborados mobiliários sobre rodas. O público poderá experimentar uma nova maneira de se relacionar com a temática da exposição em cartaz e com o próprio espaço do Centro Cultural interagindo com os suportes.

Leia Também:  Doria anuncia que IPVA poderá ser parcelado em até 5 vezes a partir de janeiro de 2022 em São Paulo

O mobiliário de artes cênicas é palco de muitas histórias”, explica Daniela Chindler. “Nele será encenado histórias curtinhas em sombra e contos que saem de malas-cenários. Serão apresentadas fábulas de La Fontaine”, afirma a Coordenadora Geral do CCBB Educativo.

“Figuras presentes nas composições de Chagall, como a noiva, a carroça, o violinista, os animais do quintal – bode, galinha e vaca – e as casas do povoado russo vão estar disponíveis para o público criar uma nova paisagem a partir do vocabulário visual do artista. Durante a atividade os educadores vão mediar os conteúdos da exposição”, explica Alexandre Diniz.

As atividades dos mobiliários acontecem nas segundas, quartas, quintas e sextas às 11h, 13h, 15h, 17h e 19h, e aos sábados e domingos às 17h, 18h e 19h, sendo às sextas e domingos às 17h com a participação de uma intérprete de Libras.

Semana Nacional dos Museus

O CCBB Educativo preparou uma programação especial para celebrar a 20ª Semana Nacional de Museus, cujo tema é “O Poder dos Museus”.

Com o tema “O poder dos memes: humor como objeto de museu”, a atividade artística oferecida pela equipe do CCBB Educativo, convida os visitantes a estampar imagens de obras de arte consagradas, que servirão de base para a criação de memes, usando a técnica do stencil em tecido. A ideia é questionar e subverter os “museus de poder” e suas coleções, através do humor e do “poder dos museus” de gerar emoções e apropriação afetiva por meio da arte. “O poder dos memes: humor como objeto de museu” acontece nos dias 18, 19 e 20, das 10h às 20h, no Hall da Bilheteria.

Leia Também:  Número de crianças de 6 a 14 anos fora da escola dos últimos seis anos bate recorde, segundo dados da PNAD

Com o intuito de levar as ações educativas relacionadas à exposição “Marc Chagall: sonho de amor” da sala no primeiro andar para os espaços de circulação do CCBB-RJ, foram elaborados mobiliários sobre rodas. O público poderá experimentar uma nova maneira de se relacionar com a temática da exposição em cartaz e com o próprio espaço do Centro Cultural interagindo com os suportes.

É a primeira vez que o CCBB Educativo traz um conjunto de carrinhos desenvolvido especificamente para uma exposição. Cada carrinho é recheado com uma atividade. Daniela Chindler, Coordenadora Geral do CCBB Educativo, explica o conceito. Fonte: Do G1 Rio

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

TUDO SOBRE POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA