Política de São Paulo

Padre Júlio Lancellotti acusa Prefeitura de São Paulo de explorar trabalhadores durante montagem da Virada Cultural

Publicados

Política de São Paulo

Padre Júlio Lancellotti no no Núcleo de convivência São Martinho, abrigo conveniado com a Prefeitura de São Paulo e administrado pelo Centro Social da Nossa Senhora do Bom Parto – Foto: Reprodução/TV Globo

O Padre Júlio Lancellotti, da Pastoral do Povo da Rua, acusa a Prefeitura de São Paulo de explorar pessoas em situação de rua durante a montagem da Virada Cultural, organizada pela administração do prefeito Ricardo Nunes (MDB).

O evento acontecerá neste sábado (28) e domingo (29), depois de dois anos de hiato por causa da pandemia.

De acordo com o padre, cerca de 100 pessoas em situação de rua estão sendo exploradas. Elas trabalham em funções como a da montagem dos palcos.

“Eles estão recebendo 60 reais por uma jornada de 12 horas de trabalho, com direito a uma marmita e sem nenhum equipamento de segurança “, afirmou nesta sexta-feira (27).

O padre diz que entrou em contato com alguns artistas que fazem parte da programação para avisar sobre o que está ocorrendo. “Eles dizem que não sabiam que a Virada estava sendo organizada assim”, relata.

Leia Também:  Paulo Guedes, privatizar a estatal: Petroleiros iniciam mobilização de greve contra a privatização da Petrobrás

Júlio Lancelloti disse que a Pastoral pretende agir juridicamente pedindo inclusive a ação do Ministério Público do Trabalho. “A informação que uma empresa terceirizada é a responsável pela contratação”.

Questionada, a SPTuris, responsável pela montagem e infraestrutura da Virada Cultural 2022, afirma que não interfere na remuneração oferecida na relação das empresas contratadas para realização dos serviços com seus funcionários.

Ainda segundo a empresa, o contrato com as terceirizadas, firmado após licitação, estabelece que sejam cumpridas todas as normas trabalhistas e de segurança das pessoas envolvidas.

“A SPTuris fiscaliza o cumprimento do contrato para garantir que as empresas atuem dentro da legalidade e, até o momento, não identificou nenhum desvio durante o processo”, diz o texto. As informações é do portal G1 São Paulo

Montagem da Virada Cultural, em São Paulo – Foto: Reprodução/TV Globo

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política de São Paulo

PSD deve apoiar Tarcísio em São Paulo e indicar candidato a vice, o ex-prefeito de São José dos Campos, Felício Ramuth

Publicados

em

O PSD indicará o ex-prefeito de São José dos Campos Felício Ramuth para a vice de Tarcísio de Freitas (Republicanos), apoiado por Jair Bolsonaro (PL) no estado de São Paulo – Foto: Wilson Dias / Agência Brasil

O PSD confirmará, na próxima quinta-feira (7), o apoio a Tarcísio Gomes de Freitas (Republicanos) na disputa pelo governo de São Paulo, segundo um integrante da campanha do ex-ministro da Infraestrutura.

A informação sobre a chapa do pré-candidato de Jair Bolsonaro (PL) no estado foi publicada nesta terça-feira (5) pela Jovem Pan. A sigla pessedista, presidida pelo ex-ministro Gilberto Kassab, indicará o ex-prefeito de São José dos Campos Felício Ramuth para a vice de Tarcísio.

Kassab também se reunirá com o ex-governador de São Paulo Márcio França (PSB) para conversar sobre as eleições. De acordo com um aliado do dirigente pessedista, “a reunião com França está mantida, não porque mudará algo no curso da história, mas para cumprir o roteiro traçado, para cumprir o protocolo”.

O ex-governador Marcio França avisou ao PSB que disputará uma vaga pelo senado na chapa do pré-candidato ao governo de São Paulo Fernando Haddad (PT).

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Executiva e Mobilidade Urbana retoma contratos do Transporte Escolar Gratuito
Continue lendo

POLÍTICA

TUDO SOBRE POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA