Concurso

Aprendizagem: Inscrições para concurso de redação para alunos de escolas públicas encerram dia quatro de julho

Publicados

Concurso

O concurso tem o objetivo de difundir as vantagens da aprendizagem e, ainda, estimular o relacionamento fraterno e respeitoso entre professores e alunos – Foto: Reprodução / TR-14

A Comissão Regional de Combate ao Trabalho Infantil e Estímulo à Aprendizagem do Tribunal Regional do Trabalho da 14ª Região (RO\AC) lançou, em 18 de maio, no Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes, edital de concurso de redação com o tema “Aprendiz ao Mestre: faça parte desse projeto”.

A iniciativa é direcionada a estudantes e professores vinculados ao 8º e 9º ano de escolas estaduais e municipais nos estados de Rondônia e Acre, os quais podem ser premiados com notebooks e tablets. As inscrições gratuitas iniciaram no último dia 18 e seguem até 4 de julho.

As informações sobre os critérios de cadastro das escolas públicas estaduais e municipais estão no edital do concurso, bem como o detalhamento do formato da redação a ser elaborada pelos alunos.

A premiação vai acontecer da seguinte forma: 1º aluno colocado do 9º ano: 1 Notebook LG Ultra PC; 1º aluno colocado do 8º ano: 1 Notebook Happy K131 Intel; Professor do 1º aluno colocado do 9º ano e Professor do 1º aluno colocado do 8º ano: 1 Tablet marca Samsung, modelo Galaxy Tab A6, para cada; 2º aluno colocado do 9º ano: 1 Tablet marca Samsung, modelo Tab A; 2º aluno colocado do 9º ano: 1 Tablet marca Samsung, modelo Tab A. Os prêmios serão entregues no dia 10 de agosto de 2022, durante a Semana da Aprendizagem.

Leia Também:  Concursos abertos: 40 órgãos de vários estados brasileiros abrem diversas vagas na carreira pública

A Comissão Regional de Combate ao Trabalho Infantil e Estímulo à Aprendizagem é composta pela desembargadora do Trabalho Maria Cesarineide de Souza Lima e pelas juízas do Trabalho Soneane Raquel Dias Loura, Fernanda Simões Cavalcante Maenishi e Daniele Adriana Stanislowski.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Concurso

Concurso público para soldado da Polícia Militar em SP abre 2,7 mil vagas com prova em 11 cidades; salário é de R$ 3,8 mil

Publicados

em

Polícia Militar abre concurso para 2,7 mil vagas em São Paulo – Foto: Edvaldo de Souza/EPTV

A Polícia Militar do Estado de São Paulo lançou nesta quarta-feira (22) o edital do concurso público para 2,7 mil vagas para soldado. O salário inicial oferecido para o cargo é de R$ 3.875,27 mensais. As provas serão aplicadas em 11 municípios, entre eles a capital paulista, Campinas e Piracicaba. As Informações é do G1 São Paulo

As inscrições para homens e mulheres começam na próxima sexta-feira (24) pela internet, às 10h, e terminam no dia 20 de julho, às 23h59, exclusivamente pelo site da Fundação Getúlio Vargas (FGV), organizadora da seleção. A taxa custa R$ 57.

A PM informou que é comum o concurso apontar o total de vagas sem especificar as oportunidades por cidade porque as demandas para preencher o quadro podem ter alterações até os aprovados se qualificarem e assumirem os cargos.

Cidades que terão prova para soldado da PM

Araçatuba

Bauru

Campinas

Piracicaba

Presidente Prudente

Ribeirão Preto

Santos

São José do Rio Preto

São José dos Campos

São Paulo

Sorocaba

“A Polícia Militar do Estado de São Paulo poderá realizar as demais etapas em qualquer outra cidade. A escolha não implica que o candidato, caso aprovado, seja classificado na cidade ou região escolhida para a realização da referida etapa”, informa o edital.

Pré-requisitos para se inscrever

Para se candidatar ao cargo de soldado 2ª Classe – cargo inicial do Quadro de Praças da Polícia Militar – é necessário:

  • ser brasileiro;
  • ter idade mínima de 17 anos;
  • ter idade máxima de 30 anos;
  • ter estatura mínima, descalço e descoberto, de 1,55m (para mulheres) e 1,60m (para homens);
  • ter concluído o ensino médio ou equivalente;
  • ser habilitado para condução de veículo motorizado entre as categorias “B” e “E”;
  • pagar taxa de inscrição prevista no edital, no valor de R$ 57,00, pagos em qualquer agência bancária até o dia seguinte ao término do prazo de inscrição;
  • é permitido uso de tatuagem, desde que ela não ofenda os valores da instituição;
  • possuir aptidão física compatível com o exercício do cargo;
  • possuir higidez física e mental, e possuir perfil psicológico compatível com o exercício do cargo;
  • estar quite com as obrigações eleitorais;
  • estar quite com as obrigações militares, caso seja do sexo masculino.
Leia Também:  Petrobrás tem que praticar preços de mercado e não deve fazer políticas públicas, diz general que comanda estatal

“Não haverá reserva de vagas para pessoas com deficiência, tendo em vista as peculiaridades do exercício das funções policiais-militares inerentes ao cargo”, informou o edital. Haverá pontuação diferenciada para autodeclarados pretos, pardos e indígenas.

Estudantes podem pleitear redução de 50% no valor da taxa de inscrição por meio de formulário, que deve ser preenchido no site da FGV até as 23h59 de 28 de junho.

Remuneração inicial de R$ 3,8 mil

O salário é composto por R$ 1.544,80 de vencimento, mais R$ 1.544,80 referente ao Regime Especial de Trabalho Policial (RETP) e o adicional de insalubridade no valor de R$ 785,67.

Seleção com provas e exames de aptidão

Todas as etapas são eliminatórias e classificatórias.

Os candidatos farão provas objetiva – 60 questões – e dissertativa, com redação. Serão cinco horas de exame no dia 4 de setembro de 2022.

Língua portuguesa e interpretação de texto – 20 questões

Matemática – 15 questões

Conhecimentos gerais – 15 questões

Noções básicas de informática – 5 questões

Leia Também:  Banco da Amazônia divulga Concurso Público com mais de 200 vagas imediatas com salário de mais de R$ 3 mil reais

Noções de administração pública – 5 questões

Os exames de aptidão física vão avaliar se o desempenho físico condiz com o cargo de soldado.

Flexão e extensão de cotovelos, por meio do teste dinâmico de barra para homens e isometria na barra fixa para mulheres

Resistência abdominal, em decúbito dorsal

Corrida de 50 metros

Corrida de 12 minutos

Eles ainda vão passar por exames de saúde e psicológicos, que visam “identificar características de personalidade, aptidão, potencial e adequação do candidato ao perfil psicológico estabelecido para o cargo”.

conduta social também passa por análise, assim como a reputação e idoneidade do candidato ao longo da sua vida. A verificação de todos os documentos exigidos no edital para comprovação dos requisitos e condições para ingresso completam a seleção.

O que faz um soldado 2ª Classe

O profissional aprovado será responsável por realizar policiamento ostensivo e a preservação da ordem pública, envolvendo a repressão imediata às infrações penais e administrativas.

Aplicação da lei ocorrerá nas diversas modalidades de policiamento, sempre primando pela defesa da vida, da integridade física e da dignidade da pessoa humana, em conformidade com os princípios doutrinários de polícia comunitária, de direitos humanos e de gestão pela qualidade

Para tanto, o soldado vai realizar Curso Superior de Técnico de Polícia Ostensiva e Preservação da Ordem Pública na instituição.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

TUDO SOBRE POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA